Tag Archives: techno

East End Dubs – Feelin (Original Mix)

Alanabb-2

Alanabb-8Alanabb-5Alanabb-7Alanabb-9Alanabb-10Alanabb-11 Alanabb-1

YES finalmente sexta feira! Já liguei minha playlist de techno para entrar no clima da night. Para hoje escolhi o estilo boho-rocker-luxo, porque vamos combinar ne esse casaco é luxo e puro poder!!!  Com ele você arrasa em qualquer lugar, especialmente se a festa for em um lugar aberto.

A saia e o cropped são da Butic Bardot loja de Minas que estará amanhã (11/04) na babilônia Feira Hype aqui no Rio. Vem gente que esse fim de semana ta um luxo, fechando com Games of Thrones (meu seriado vício) no domingão 😛

Estou vestindo:

Casaco : Zara

Cropped Top: Butic Bardot

Saia: Butic Bardot

Bolsa: Andarella

Colar: Feira Egpícia (Grajaú)

Bota: Oasap

Alanabb-4Alanabb-3

Espero que tenham um ótimo fim de semana 🙂

bejjos,

Alana Ruas

The XX – Fiction (Pearson Sound Remix)

Ruas-20

Ruas-1Ruas0Ruas-4Ruas-6RuasRuas-8Ruas-9 Ruas-23Ruas-11Ruas-13Ruas-14Ruas-15

Para essa quarta feira linda, uma combinação que amo – cropped top com calça jeans alta-.

 

Destaque para parte das costas do cropped top, brinco étnico, e para os óculos modelo cat eye que está vindo com força total.

Vem conferir que tem bastante novidade no look de hoje:

Óculos: Ui! Gafas

Calça: Sheinside

Top: Sheinside

Sandália: Luiza Barcelos

Brinco: Cinco Luas

Bolsa: Camden Town (Londres)

Ruas-19Ruas-17

Espero que gostem 😉

Alana Ruas

Jamie xx – Sleep Sound

ARTinnpost Artinnpost1

Ontem fui na festa Art Inn aqui no Rio de Janeiro na Rua do Rezende na Lapa. É uma festa com todo um conceito por trás, a cada edição eles trazem uma proposta. Nesta pude ver a exposição fotográfica com o artista português Miguel Cipriano, durante uma performance de Butoh, dança ritual japonesa que representa a possibilidade de expressão humana a partir da exploração do microcosmos de cada ser.

 

Outra atração que amei ter visto foi a performance “Alarma Alma”, de Rafa Barros.
Rafa mostrou a dor, a angústia em movimentos de descobrimento do corpo.
Para o artista, o entendimento da dor é algo inevitável para o crescimento da alma.
Nas suas apresentações, ele mistura técnicas da arte teatral e movimentos de dança contemporânea com improvisações que acolhem o acaso.

A festa tem 3 andares, rola música eletrônica (techno e minimal), rap, hip hop, dub step e outras vertentes. Além disso tudo tem exposição artística, performance, bazar de roupa, ou seja tudo que eu amo em um lugar só!

Estou adorando este movimento de novos artistas que está acontecendo por aqui 🙂 

Vale MUITO conhecer, até porque a entrada é 0800 ou se preferir pode pagar o quanto puder!